De demissões e incertezas, a aumentos salariais e crescimento: Relações Públicas na América Latina espera superar a COVID-19

Share:

A atividade de Relações Públicas na América Latina ainda está sentindo o impacto da pandemia, mas há muitas razões um olhar positivo neste ano de 2023.

É o que diz o recém-publicado LATAM PR and Communications Census 2022, criado pela PRCA – Public Relation Council Association, entidade internacional que reúne profissionais de relações públicas de todo o mundo. O relatório é baseado em uma pesquisa com mais de 500 profissionais na região.

Embora 68% dos entrevistados digam que seu empregador realizou demissões desde que a pandemia foi declarada oficialmente em março de 2020, 67% dizem ter recebido um aumento salarial nos últimos 12 meses. O diretor geral do PRCA diz que este investimento em talentos mostra “que há otimismo para a profissão de PR na América Latina”.

Além disso, um membro do conselho do PRCA LATAM defende que a recessão na Europa e nos EUA criará oportunidades, à medida que mais empresas se expandem na região.

Mas também há alertas sobre a dificuldade em recrutar e reter bons talentos. Membros da diretoria LATAM dizem que isto se tornou ainda mais complexo, dados os novos padrões de trabalho remoto e híbrido criados durante a COVID-19.

O censo constatou que, atualmente, 50% dos talentos de relações públicas e comunicação da região estão trabalhando remotamente em tempo integral, enquanto outros 24% estão no escritório integralmente, e o restante divide seu tempo entre ambas as modalidades. Dos que não retornaram totalmente ao escritório, 28% não têm planos de retornar, alegando que querem permanecer inteiramente em home office.

Ingham MPRCA, Diretor Geral do PRCA, comenta: “Enquanto as demissões indicam os tempos difíceis que enfrentamos, os dados sobre aumentos salariais mostram que há otimismo para a profissão de PR na América Latina. É uma sensação que nós da PRCA compartilhamos. Sabemos que existem profissionais de PR dinâmicos e de alta qualidade em toda a região. E como a PRCA Americas continua a crescer, vamos continuar a oferecer eventos com padrões internacionais, bem como melhores práticas e oportunidades de networking para ajudar a apoiar o desenvolvimento profissional e pessoal em toda a América Latina.”

Outras conclusões do censo incluem:

  • A média salarial em toda a profissão é de $45.201 – embora este valor aumente para $46.446 para os homens e diminua para $43.276 para as mulheres.
  • Os profissionais de PR internos ganham mais do que seus colegas de agência, com salários médios de $45.279 e $43.592, respectivamente.
  • 48% acreditam que sua organização faz um trabalho “muito bom” ou “bom” de promoção da diversidade no local de trabalho. Um terço (31%) respondeu “médio” enquanto 21% disseram “fraco” ou “muito fraco”.

Pedro Cadina MPRCA, CEO na Vianews Latin America, e membro do conselho do PRCA LATAM, observa que:

“2023 será um ano muito bom para as relações públicas e a comunicação na América Latina”. Com a recessão na Europa e nos EUA, as empresas procurarão expandir seus negócios para outras regiões. E, neste aspecto, os países da América Latina têm as condições geográficas e econômicas necessárias, especialmente Brasil, México, Chile e Colômbia. A guerra na Ucrânia ameaça as empresas com operações na Europa Oriental. Por esta razão, muitas empresas estão expandindo suas bases para a América Latina, principalmente as dos setores de tecnologia e entretenimento. Estamos em ótima posição para aproveitar esta oportunidade e apoiar as marcas que precisam de um ambiente seguro para operar.”

O LATAM PR and Communications Census 2022 está disponível em inglês, português e espanhol, no site do PRCA. Os profissionais interessados em saber mais sobre o PRCA devem contatar sua Diretora Internacional, Melissa Cannon MPRCA, em melissa.cannon@prca.org.uk.

A pesquisa do Censo foi realizada pela 3Gem entre os dias 23 de junho e 16 de setembro de 2022.

Here is the section from the introduction:

Mientras que la prescindibilidad de puestos de trabajo es indicativa de los tiempos difíciles que hemos enfrentado, los datos sobre los aumentos de sueldo indican que hay optimismo para la profesión de RP en América Latina.

Es un optimismo que nosotros en la PRCA compartimos con gran entusiasmo. Sabemos que ya hay profesionistas de alta calidad, que ejercen de manera experta y ética, en toda la región. Y a medida que PRCA Américas continúe desarrollándose, seguiremos proporcionando las perspectivas, las mejores prácticas y las oportunidades de trabajo en red para ayudar a crecer el sector aún más.

Baixe aqui

Stay Connected

More posts

The Risks of AI-Generated Content in PR

Sports Illustrated – which was dragged through a protracted scandal after it was found that its publisher The Arena Group allowed artificial intelligence (AI)-generated content